Um projeto de satélite em cubo para estudo das mudanças climáticas por conta das queimadas está entre os semifinalistas da 8ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã,   iniciativa brasileira do Solve For Tomorrow, programa global da Samsung que desafia alunos e professores da rede pública de ensino a desenvolver soluções para a sociedade local com experimentação científica e/ou tecnológica por meio da abordagem STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). A coordenação geral é do CENPEC Educação.

 

A equipe de três alunos do 2º ano do ensino médio é liderada pela professora Hozana Donatila Delgado, que dá aulas de Física e Química na Escola Estadual Coronel Rafael de Siqueira, localizada na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso. Segundo ela, o desafio dos alunos foi desenvolver um cubesat (satélite em forma de cubo), com o objetivo de estudar os efeitos das queimadas na região. O grupo deu ao projeto o nome “Less Fire, More Life” (Menos Fogo, Mais Vida – em português).

 

“Sabemos que as mudanças climáticas têm uma série de causas e as queimadas estão entre elas. Entender essas alterações é uma forma de tentar recuperar o meio ambiente e o nosso patrimônio, que inclui a vegetação e os animais do Parque Florestal da Chapada dos Guimarães, bem como cuidar da saúde da população, considerando que esse tipo de incidente pode gerar problemas respiratórios”, explica a professora.

 

O cubesat desenvolvido pelos alunos mato-grossenses é composto por sensores de umidade, temperatura, pressão atmosférica, entre outros. Dessa forma, é possível estudar o clima da região atingida pelos incêndios.

 

 

“A proposta dos alunos mato-grossenses mostra como o Solve For Tomorrow estimula o desenvolvimento de soluções inteligentes para desafios locais. Os estudantes criaram um satélite que contribui para o estudo das mudanças climáticas na região onde vivem e, com isso, promovem melhorias na saúde da população e no meio ambiente. Estimular práticas que geram mudanças por meio da educação é um dos principais objetivos da nossa iniciativa”, afirma Isabel Costa, Gerente de Cidadania Corporativa da Samsung Brasil.

 

“Esse projeto é um bom exemplo de integração das áreas de Ciências e Tecnologia. Aplicar a metodologia científica e incentivar o protagonismo dos jovens para solucionar problemas reais da comunidade é fundamental para promover uma aprendizagem significativa. Os jovens da E.E. Coronel Rafael de Siqueira identificaram um problema local da Chapada dos Guimarães, mas que ocorre também em outras regiões do país, que são as queimadas com consequências graves para o meio ambiente. Chegar em escolas de diferentes regiões fomentando práticas educativas desenvolvidas a partir da abordagem STEM, com o desenvolvimento de projetos inovadores e criativos frente ao contexto onde são desenvolvidos, é um dos grandes destaques do Prêmio”, afirma Ana Cecília Arruda, coordenadora de Programas e Projetos do Cenpec.

 

“Para nós, concorrer a um Prêmio como esse é uma oportunidade única, pois contamos com mentores e temos todo o suporte para desenvolver as ideias dos alunos. A nossa escola é urbana, mas atende muitos estudantes da parte rural Estamos muito felizes e empolgados com o projeto e muito gratos por estar entre os semifinalistas”, afirma Hozana.

 

Solve For Tomorrow

 

Programa de Cidadania Corporativa da Samsung, o Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa brasileira do Solve For Tomorrow, está no Brasil desde 2014, envolvendo mais 165 mil estudantes, 22 mil professores e 5 mil escolas públicas em 8.113 projetos inscritos. Mesmo ocorrendo de forma totalmente remota pelo segundo ano consecutivo, a 8ª edição do programa registrou um aumento de 22% na participação de estudantes, 40% na de professores e 52% na de escolas em comparação a 2020.

 

O programa, que faz parte do conjunto de projetos capitaneado pela visão global da marca “Together for Tomorrow! Enabling People”, busca capacitar futuras gerações para alcançarem seu pleno potencial por meio da Educação. E conta com uma rede de parceiros, como a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

 

Para mais informações, acesse o site https://respostasparaoamanha.com.br/ ou baixe o aplicativo do Respostas para o Amanhã na Play Store.